Terçol nos olhos: conheça as causas, sintomas e tratamento

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

terçol nos olhos

Quem já teve terçol nos olhos conhece bem a sensação. Começa com uma dorzinha ou incômodo na pálpebra, bem próximo a linha dos cílios. Depois esse quadro evolui para um inchaço, que pode ser mais tarde no dia ou até na manhã seguinte. E é só olhar no espelho para perceber o que o incômodo já dizia: é um terçol. São nessas situações que muitos mitos começam a surgir e recomendações dos mais variados tipos. Desde compressas com alho, até passar um anel quente na região.

A verdade é que essa é uma inflamação que deve ser tratada com atenção e jamais podemos seguir as receitas antigas sem antes consultar um médico. Por isso fique atento ao material que preparamos e conheça as causas, sintomas e o melhor tratamento para terçol nos olhos.

O que é o terçol nos olhos e como ele se manifesta?

O terçol nos olhos é basicamente uma inflamação nas glândulas das pálpebras. Como dissemos, ele começa como um pequeno incômodo ao piscar. Mas, com o passar do tempo, incha bastante formando uma protuberância. Em alguns casos, pode conter pus,  assemelhando-se bastante com uma espinha ou um furúnculo. Ele pode acometer tanto as pálpebras superiores, quanto as inferiores.

Além do surgimento do inchaço e das dores locais, o terçol também é responsável por um inchaço geral nos olhos. Em alguns casos, eles ficam vermelhos e tendem a um aumento da lubrificação. Ou seja, a pessoa fica com os olhos marejados. É muito comum que os pacientes relatem coceira e calor no local, que são acompanhados de uma forte sensibilidade onde a protuberância se encontra.

terçol nos olhos

O que causa o terçol nos olhos?

As causas dessa inflação são diversas. Começando pela possibilidade de que as glândulas das pálpebras sofreram obstruções. E os motivos da obstrução são diversos: maquiagem, produtos cosméticos (como xampu, condicionador, sabonetes e cremes para o rosto), secreções naturais dos olhos e oleosidade em excesso da pele etc. Mas o terçol nos olhos também pode ser provocado por lesões no local e a sequente contaminação por bactérias. Nesse caso, o médico deverá ser consultado para que possa recomendar o uso de colírios.

Qual é o tratamento mais indicado?

A lista de receitas caseiras para tratar o terçol nos olhos é infinita. Todo mundo conhece uma forma diferente de fazer isso e que deu certo com outro conhecido. Mas é preciso passar longe desses mitos, pois eles podem prejudicar ainda mais o quadro. A realidade é que esse é um quadro que tende a evoluir para a cura sozinho. Com o passar dos dias, as secreções acumuladas nas pálpebras são drenadas naturalmente e os sintomas desaparecem. Uma boa forma de ajudar a aliviar os sintomas e contribuir para uma evolução mais rápida é fazer compressas úmidas quentes nos olhos. Entretanto, se o incômodo for muito, a ajuda médica é sempre bem-vinda.

E se o quadro for muito frequente?

É natural que uma pessoa tenha terçol nos olhos algumas vezes na vida. Mas quando esse quadro começa a ficar muito frequente, ou seja, reincidir em curtos espaços de tempo, é preciso investigar mais a fundo. Isso porque esse pode ser um sinal de que outro quadro está se instaurando nos olhos. Ou ainda, o paciente pode ter hábitos prejudiciais aos olhos cujas consequências se manifestam em forma de terçol.

O terçol nos olhos é um quadro comum para a maioria das pessoas. Essa é uma pequena inflamação nas pálpebras que tende a desaparecer sozinha. Compressas quentes e úmidas são sempre bem-vindas para ajudar a aliviar os sintomas. Mas tome bastante cuidado para não queimar a região.

Você já teve terçol nos olhos? Use a nossa caixa de comentários para compartilhar a sua experiência.

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×