4 problemas de visão mais comuns em idosos

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

problemas de visão

Com a chegada da idade, a saúde passa a inspirar novos cuidados. O funcionamento do organismo já não é como antigamente e, com isso, diversas condições podem surgir nessa fase. Os problemas de visão, inclusive, aparecem com frequência em idosos.

Ao mesmo tempo, não são todas as doenças que ocorrem no período. Muitas delas estão ligadas a pacientes jovens, então é preciso reconhecer quais são os principais quadros dessa etapa da vida.

Veja 4 problemas de visão que são comuns em idosos e entenda como eles acontecem.

1. A catarata é a condição de visão mais comum na idade avançada

Conhecida como a maior causa de cegueira reversível do mundo, a catarata está diretamente relacionada ao envelhecimento do organismo. Com a degeneração das células, é comum que haja um acúmulo de proteína na região do cristalino, que leva à sua progressiva opacificação.

Apesar de haver a possibilidade de catarata precoce, essa situação é prevalente entre pacientes da terceira idade.

O único tratamento realmente efetivo é a cirurgia, que faz a substituição do cristalino por lentes intraoculares. Contudo, o procedimento só é recomendado quando começam a haver problemas intensos na qualidade de vida e no cotidiano do paciente.

2. A Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI) também surge com intensidade

A mácula é uma porção no centro da retina, responsável por ajudar na formação de imagens nítidas. Com a idade, a vascularização pode ficar prejudicada, o que leva ao quadro conhecido como Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI).

O tipo seco é o mais comum e acontece mediante uma atrofia progressiva dos vasos. Já a degeneração úmida é caracterizada pelo vazamento de líquido nos vasos da região.

Em ambos os casos, surgem manchas no campo visual e o aspecto fica turvo. Com a progressão, pode ocorrer a perda de visão.

Cada caso exige um tratamento específico, mas é comum utilizar tratamentos a laser ou injeções com medicamentos para diminuir o ritmo de progressão.

problemas de visão

3. A presbiopia está entre os problemas de visão comuns em idosos

Com a idade, os músculos de todo o corpo perdem força e a capacidade de adaptação. Esse fator leva um dos problemas de visão em idosos: a presbiopia. O quadro, conhecido como vista cansada, é um defeito refrativo que começa a aparecer já a partir de 40 anos.

Ele acontece quando o olho não consegue acomodar os músculos em busca de foco. Conforme a idade chega, os movimentos são cada vez mais difíceis, o que leva a uma dificuldade de enxergar de perto, principalmente.

No caso, o uso de lentes corretivas apropriadas é o melhor caminho, bem como a lubrificação constante dos olhos.

4. O glaucoma pode decorrer do surgimento da hipertensão

O glaucoma é um quadro em que a pressão intraocular aumenta de tal maneira que há uma compressão do nervo óptico. O desenvolvimento da versão crônica é progressivo e os efeitos são irreversíveis.

A partir dos 40 anos, a ocorrência se torna frequente. Hábitos de vida poucos saudáveis, como o tabagismo e a alimentação incorreta, aumentam o risco de hipertensão e, portanto, de glaucoma. Além disso, a própria degeneração corporal contribui para esse caso.

O principal sintoma é a perda de visão periférica e as imagens embaçadas. Contudo, a doença é silenciosa e, normalmente, já está avançada quando apresenta efeitos.

Não existe tratamento definitivo, mas é possível utilizar colírios especiais que impedem a progressão.

Tão importante quanto reconhecer esses problemas de visão comuns em idosos, é fundamental agir preventivamente. Por isso, ir a um oftalmologista com frequência é indispensável, especialmente em idades mais avançadas.

Aproveite e deixe nos comentários suas dúvidas e conte se você sofre com algum problema desse tipo.

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×