Cirurgia da catarata: tudo o que você precisa saber sobre o pré e pós-operatório

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

cirurgia da catarata

A catarata é uma doença caracterizada pela opacificação do cristalino, uma espécie de lente que recobre o olho. A degeneração das células leva a um acúmulo de proteínas que transforma a “lente” transparente em um elemento de cor branca. Com isso, a visão fica turva e, com o tempo, totalmente impossibilitada.

Ela é mais frequente em pacientes idosos, mas a versão precoce também pode acontecer. Como tratamento, a cirurgia da catarata é a única opção realmente eficiente, em que o cristalino é substituído por lentes intraoculares.

Para saber como agir antes e depois da cirurgia da catarata, continue lendo e conheça as recomendações pré e pós-operatórias.

Como é o pré-operatório?

A princípio, o médico solicitará exames para verificar como anda a saúde, em geral. Com a idade, é comum que outros problemas de saúde apareçam, então esse cuidado é fundamental.

Quem for hipertenso e/ou diabético, por exemplo, precisa passar por um manejo e controle da doença antes da cirurgia. Caso as condições sejam descobertas nos exames de rotina, a prioridade se torna cuidar desses quadros.

Todos os medicamentos utilizados devem ser informados previamente ao médico. Anticoagulantes e elementos para cuidar do trato urinário e próstata são exemplos que exigem especial cuidado.

Para o dia da cirurgia, cada caso requer orientações específicas. Alguns medicamentos podem ser suspensos e, em certas ocasiões, é preciso fazer um curto jejum. Também é recomendado bloquear o tabagismo, ao menos temporariamente.

Mudanças no perfil de saúde, como enjoos, vômitos e infecções prévias ao procedimento, devem ser comunicadas ao cirurgião.

cirurgia da catarata

E o pós-operatório da cirurgia da catarata?

A realização cirúrgica, em si, é bastante simples e não demora mais que poucos minutos. Após a cirurgia da catarata não é necessário ficar internado e o retorno para o lar acontece depois de algumas horas.

Em geral, não é preciso fazer repouso absoluto, mudar a dieta ou trocar o curativo. Contudo, certas mudanças são indicadas.

Ao chegar em casa, a orientação é descansar e evitar atividades pesadas. Práticas de exercícios físicos e levantamento de peso, por exemplo, só são liberadas quando o médico permitir.

Também é fundamental não apertar, esfregar ou coçar os olhos. Se precisar tocar na região, esteja sempre com as mãos limpas. Nos primeiros dias após a cirurgia, o ideal é dormir com um protetor para evitar impactos contra a área operada.

O oftalmologista definirá o uso de colírios, que devem ser aplicados corretamente. Depois de alguns dias, o retorno à clínica é fundamental para garantir que tudo está adequado.

Por que é importante seguir as orientações?

Conhecer e atender aos cuidados pré e pós-operatórios é indispensável para a segurança e para a obtenção de resultados da cirurgia da catarata. A atenção prévia é necessária para evitar surpresas à equipe durante a etapa e possíveis complicações.

Apesar de o procedimento ser, majoritariamente, ambulatorial, o descuido com questões como a coagulação podem causar riscos e danos à visão.

Já o cuidado pós-operatório é necessário para evitar infecções e garantir o funcionamento das novas lentes posicionadas. Desse jeito, há como recuperar a visão de forma adequada.

Conhecer e atender aos requisitos de antes e depois da cirurgia da catarata é fundamental. Assim, é possível garantir o máximo de segurança e eficiência, o que contribui para a qualidade de visão.

Tem alguma outra dúvida não respondida? Deixe um comentário e participe!

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×