5 doenças que você pode tratar na clínica de olhos

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

 clínica de olhos

Cuidar da saúde da visão é muito importante para ter qualidade de vida e bem-estar. A ida regular ao oftalmologista é indispensável, já que ele é o profissional mais capacitado para fazer diagnósticos e prescrever tratamentos.

Quando algum problema surgir, seja ele grave ou não, é fundamental contar com a estrutura certa. Assim, há maior confiabilidade e chances de manter a qualidade desse sentido. Para tanto, recorrer a uma clínica de olhos é uma opção muito conveniente.

A seguir, veja pelo menos 5 doenças que são tratadas em uma clínica de olhos e descubra como o estabelecimento pode ajudá-lo.

1. Os defeitos refrativos são corrigidos facilmente

Muitas pessoas sofrem com os defeitos refrativos. A miopia, por exemplo, é a dificuldade de enxergar de longe, enquanto a hipermetropia impede a visão de perto com nitidez. Já o astigmatismo causa graus na visão em ambas as distâncias.

Todos os problemas estão relacionados ao tamanho ou forma do olho. A miopia, por exemplo, surge por uma estrutura alongada ou muito curva, enquanto a hipermetropia é o oposto. Já o astigmatismo se dá pelo formato não simétrico da córnea.

Desde que as condições sejam respeitadas, como a estabilização do grau por um ano, é possível realizar a cirurgia a laser para corrigir o problema. Mesmo quando esse não é o caso, a clínica ajuda pela prescrição de lentes corretivas adequadas.

2. A catarata também é tratada na clínica de olhos

Já a catarata acontece porque o cristalino, que é transparente, sofre uma opacificação. Isso se deve ao acúmulo de proteínas, que, normalmente, é causado pela degeneração celular. Na maioria das vezes, aparece em idosos, mas também surge de forma precoce.

O único tratamento para o problema é a substituição do cristalino opaco por uma lente intraocular. Com toda a estrutura e tecnologia, uma clínica de olhos permite que a cirurgia aconteça em pouco tempo, com grande efetividade e total segurança. Assim, é possível voltar a enxergar e manter o bem-estar.

 clínica de olhos

3. O glaucoma é mais uma patologia tratada

Já o glaucoma é uma doença silenciosa e que leva à cegueira irreversível. Se não for tratado a tempo, o problema pode causar danos permanentes, pois ocorre devido ao aumento da pressão intraocular que danifica o nervo óptico.

Há dois tipos principais: a versão de ângulo aberto, que é gradual, e a de ângulo fechado, que é aguda. O primeiro caso, normalmente, é tratado com o uso de colírios e cirurgias eventuais para melhorar o escoamento de humor líquido. Já o segundo exige atenção emergencial e cirurgia, e uma boa clínica de olhos tem estrutura para ambos as condições.

Com uma equipe preparada, os equipamentos certos e uma atuação voltada para a saúde do paciente, o local pode ajudar os portadores da doença a evitar danos maiores e manter a qualidade de vida.

4. As doenças na córnea recebem a devida atenção

Além dessas, outras condições também são tratadas nesse ambiente. As doenças da córnea, normalmente, são degenerativas como o ceratocone. Ainda com causas desconhecidas, ele leva a córnea a assumir um formato cônico, o que gera um astigmatismo irregular e perda progressiva de visão. Com diversos tratamentos, a clínica ajuda a conter a progressão.

Caso haja indicação para essa situação ou para outras, como na perfuração, o transplante de córnea é uma possibilidade igualmente realizada no espaço.

5. Os problemas na retina podem ser contornados

Já as retinopatias incluem a Degeneração Macular Relacionada à Idade, a retinopatia diabética e o descolamento da membrana. Com novos tratamentos e modalidades consagradas, o estabelecimento consegue reverter e/ou conter o desenvolvimento, de modo a prevenir a piora na visão.

A clínica de olhos é um lugar fundamental para tratar diversas doenças oftalmológicas. Com todo o aparato necessário, é possível proteger a saúde ocular e evitar as consequências da falta de apoio.

Caso ainda tenha alguma dúvida, não deixe de comentar. Participe do debate!

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×