4 sinais de que você deve ir ao oftalmologista o quanto antes

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

oftalmologista

A saúde dos olhos deve receber a mesma atenção que qualquer outra parte do corpo. Cuidar da região ocular é tão importante quanto ficar de olho no funcionamento do coração ou de outros sistemas. Para tanto, o recomendado é procurar um oftalmologista com frequência — como a cada 6 meses.

Porém, muitas vezes surgem sintomas e incômodos que exigem a atenção médica imediata. Diante de alguns sinais, o melhor é buscar um especialista em pouco tempo para evitar problemas maiores.

A seguir, veja 4 sinais de que deve visitar um oftalmologista o quanto antes e cuide da sua saúde!

1. A dificuldade em enxergar com nitidez é uma das situações clássicas

Acontece lentamente: em um dia, você consegue ler sem problemas. Dentro de algumas semanas ou meses, fica difícil enxergar com nitidez de perto, de longe ou de ambas as distâncias. A princípio, parece ser sono ou cansaço, mas o sintoma pode significar mais que isso.

Nos casos menos graves, a falta de nitidez aponta quadros como miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia. Todos são defeitos refrativos ou de acomodação e, em geral, são corrigidos por lentes ou cirurgia.

Contudo, o problema também pode ser sinal de degeneração macular relacionada à idade (DMRI), catarata precoce, ceratocone e outras condições. Então, o melhor é procurar um médico para tirar a dúvida.

2. As dores de cabeça frequentes também indicam a necessidade de atenção

Sofrer com enxaquecas e dores de cabeça é muito comum para a maior parte da população. Como é um sintoma frequente, está associado a vários quadros, desde estresse e falta de sono a doenças raras. Com frequência, a causa é a saúde dos olhos.

oftalmologista

Quem sofre com glaucoma, por exemplo, pode ter dores geradas pela pressão intraocular elevada. Se ela for aguda e intensa, o caso é emergencial e requer ainda mais cuidados. Em opções menos graves, os defeitos refrativos são possíveis responsáveis. Com a ajuda de um oftalmologista, é viável aliviar os incômodos e melhorar a qualidade de vida.

3. As alterações nos olhos devem levá-lo ao oftalmologista

Qualquer alteração na região ocular não é normal. Se os olhos coçam demais, ficam muito vermelhos ou lacrimejam com frequência, por exemplo, é sinal de que algo está errado. Mesmo que não se trate de um quadro sério, somente um médico pode fornecer as orientações corretas.

Além de tudo, é essencial ficar atento a outros sintomas, como a visão dupla, o surgimento de “luzes” em volta dos objetos e sensação de névoa que encobre o olhar. Todos podem ser indícios de diversas condições e exigem a atenção profissional.

4. Um tempo longo desde a última consulta exige uma consulta

Quando foi a última vez em que você foi a um oftalmologista? Se não se lembra, se foi há mais de 6 meses ou se nunca esteve em um consultório do tipo, é indispensável marcar uma consulta.

Muitas doenças são silenciosas e não apresentarão nenhum sintoma até que estejam avançadas. O glaucoma crônico, por exemplo, só mostrará seus primeiros efeitos quando parte da visão já estiver perdida de forma irrecuperável.

Por outro lado, quanto mais cedo o diagnóstico for feito, melhores serão as chances de tratamento. Então, marque uma visita ao oftalmologista para garantir um intervalo adequado entre consultas e para realizar um ótimo acompanhamento.

Ao reconhecer qualquer um desses sinais, procure o oftalmologista rapidamente. Desse jeito, evitará que a situação se agrave e poderá recuperar a qualidade de vida de forma completa!

Nos comentários, conte se você apresenta algum desses sintomas. Participe!

 

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×