Dificuldade para ler com pouca luz pode ser problema de visão?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

dificuldade para ler com pouca luz

A iluminação é um dos critérios mais importantes para conseguir ver perfeitamente. Quanto melhor é a incidência de luz, melhor é o trabalho dos fotorreceptores e mais nítida é a imagem. Mesmo assim, ainda é possível enxergar e até ler em ambientes com baixa iluminação.

Nessas condições, não é incomum encontrar para quem seja um desafio ter uma visão nítida. Esse caso pode ser um sintoma de problema de saúde ocular e, portanto, é preciso ficar atento.

A seguir, entenda tudo sobre a dificuldade para ler com pouca luz e tire as suas dúvidas!

Ter problemas para enxergar em ambientes escuros é sempre sinal de saúde?

Quando os olhos estão em condições atípicas de iluminação, as pupilas ficam mais dilatadas e tentam captar o maior volume possível de luz. O cristalino, então, fica de sobreaviso sobre a necessidade acomodativa especial, de modo a garantir o melhor foco na situação.

Contudo, não é incomum que a dificuldade para ler com pouca luz se estabeleça. Dependendo do nível de iluminação, é praticamente impossível para o olho humano enxergar com distinção e nitidez.

Além disso, conforme a idade aumenta, há uma perda contínua da capacidade acomodativa dos músculos. A degeneração celular causada pela idade faz com que os olhos se tornem menos potentes e surge a complicação para enxergar — inclusive, para ler no escuro.

dificuldade para ler com pouca luz

Mas a dificuldade para ler com pouca luz pode indicar problemas?

Embora seja um desafio natural ter uma boa visão em ambientes pouco iluminados, é preciso ficar atento aos sinais que o corpo dá. Uma dificuldade para ler com pouca luz que aconteça de modo muito frequente ou até em espaços que não são tão escuros pode indicar algum quadro que afeta a visão.

Os defeitos refrativos são problemas comuns e questões como miopia, astigmatismo e hipermetropia podem afetar a capacidade de enxergar em qualquer nível de iluminação. Dependendo da idade ou dos hábitos de vida, a presbiopia também pode ser a causadora.

Contudo, se o quadro se caracteriza pela dificuldade de ver e distinguir contrastes no escuro, a cegueira noturna é o sintoma responsável. Nesse caso, algumas doenças estão associadas, como a catarata, a retinopatia diabética e deficiências variadas na córnea.

É essencial procurar um oftalmologista assim que notar essa dificuldade para ler com pouca iluminação. Com os exames adequados, o especialista poderá fazer o diagnóstico e dar orientações confiáveis.

Afinal, ler com pouca luz faz mal?

Um dos mitos sobre a saúde dos olhos trata do risco que ler no escuro traz para a visão. Contudo, é válido sabe que esse hábito não tem potencial para prejudicar o sentido. O que acontece é que a falta de iluminação adequada gera um esforço maior para ver com o mínimo de nitidez.

Como consequência, alguns sintomas incluem a dor de cabeça e os olhos vermelhos e com ardência. São sensações passageiras e que, portanto, não geram efeitos definitivos no funcionamento das estruturas oculares.

A dificuldade para ler com pouca luz é natural para a maioria das pessoas, já que a iluminação é bem-vinda para os olhos. Em alguns casos, entretanto, a condição pode ser sintoma de um problema de visão e o ideal é buscar um oftalmologista.

Nos comentários, conte se você encara esse desafio e compartilhe suas experiências!

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×