Oftalmopediatria

Home / Oftalmopediatria


O que é?

A prevenção da cegueira infantil é uma das cinco prioridades da Iniciativa Global da Organização Mundial de Saúde (OMS)/ Agência Internacional de Prevenção da Cegueira (IAPB) “Programa Visão 2020 – pelo direito à visão”.

Estima-se que no mundo haja cerca de 1,4 milhões de crianças cegas. Em países de baixa renda a prevalência de cegueira pode ser em torno de 1,2/1.000 crianças, enquanto em países desenvolvidos esse número cai para 0,3/1.000.

Os olhos de uma criança são diferentes dos olhos de um adulto, por isso as causas da cegueira infantil e, conseqüentemente, as medidas adotadas para a sua prevenção, devem ser diferenciadas. O sistema visual de uma criança é imaturo ao nascer, para que o seu desenvolvimento aconteça, todo e qualquer problema deve ser corrigido precocemente. As doenças oculares na infância devem ser tratadas por profissionais treinados e especializados.

 

A cegueira infantil tem diversas causas, em aproximadamente 50% dos casos ela pode ser evitada. As chamadas causas evitáveis são divididas em dois grupos: preveníveis e tratáveis. Veja alguns exemplos:

Causas previníveis

Cicatrização corneana;
Doenças infecciosas;
Retinopatia da prematuridade.

Causas tratáveis

Catarata;
Glaucoma;
Retinopatia da prematuridade limiar e pré-limiar tipo 2.

Muitas vezes as condições associadas a este problema também são as causas de mortalidade infantil como: parto prematuro, sarampo, síndrome de rubéola congênita, deficiência de vitamina A e meningite.

Para combater a cegueira infantil é preciso combater as suas causas. Além de serviços de apoio, educação especial, cuidados em baixa visão e anestesia pediátrica, algumas outras medidas preventivas podem ser tomadas:

Toxoplasmose

Controle da qualidade da água;
Orientação sobre o preparo, cozimento e armazenamento de alimentos (carne);
Diagnóstico precoce e encaminhamento para um centro especializado.

Retinopatia da prematuridade (ROP)

Educação sobre os riscos de um parto prematuro;
Prevenção do parto prematuro;
Evitar gravidez na adolescência;
Redução do índice de cesarianas;
Pré-natal regular;
Implementação de um programa nacional para diagnóstico e tratamento de ROP.

Catarata

Imunização de rubéola de todas as mulheres em idade fértil;
Treinamento de profissionais de saúde para diagnóstico precoce – realização do teste do reflexo vermelho nas maternidades;
Referência eficiente para centro especializado;
Treinamento de oftalmologistas especializados em cirurgia e acompanhamento a longo prazo desses pacientes.

Glaucoma

Treinamento de profissionais de saúde para diagnóstico precoce;
Referência eficiente para centro especializado;
Treinamento de oftalmologistas especializados em cirurgia e acompanhamento a longo prazo desses pacientes.

Cuidados em baixa visão

Implementação e melhoria de serviços especializados no diagnóstico e tratamento da baixa infantil.

Erros refrativos

Programas de exames de acuidade visual nas escolas para detectar erros refrativos (Campanha Olho no Olho).